16 de fevereiro de 2017

Tão feliiiiz
Já alugamos casa. Eu vou viver com o meu namorado. 

6 de fevereiro de 2017

Os meus gastos reflectem os meus objectivos ou eles atrapalham na realização dos meus sonhos? 
Esta é a frase que me vem logo à cabeça quando quero comprar alguma coisa. Neste momento ando a gastar muito dinheiro. E quando digo 'muito dinheiro' é mesmo muito. Aos poucos e poucos estou a comprar todas as coisas para a minha casa nova. E se ainda não passaram por essa fase, acreditem que quando pensamos que está tudo comprado... não está. Falta sempre mais alguma coisa. Nem que seja a colher de pau ou um cesto para tirar a roupa da máquina. Então o meu objectivo é mudar de casa. Por isso, sei que tenho de comprar muita coisa e que irei gastar muito dinheiro. Mas estou a fazer aos poucos porque quero aproveitar saldos e promoções. E quero aquilo que realmente gosto. Não quero o mais barato porque não tenho dinheiro naquele momento. Prefiro esperar e comprar uma coisa que goste mesmo que seja caro mas que sei que irá durar mais. Por isso, tudo o resto como idas ao café, jantares no shopping tem ficado um bocadinho de lado. Porque penso sempre quais são os meus objectivos neste momento. E sei que se gastar dinheiro em coisas que não devo, vou arrepender-me. 

1 de fevereiro de 2017

+/- uns quilinhos
Quem é que ainda nunca reparou no peso alheiro? Quem nunca pensou ou até mesmo comentou que a pessoa x ficou muito mais gorda desde a última vez que a tinha visto? Vamos ser sinceras. Toda a gente. Até mesmo os homens fazem isso. Ah. E não é só se engordou, mas também se emagreceu. Até pode nem ter emagrecido mas 'coitadinha' não deve comer em casa. 
Algumas pessoas têm essa necessidade de comentar se a pessoa emagreceu ou dar aquele “toque” quando a amiga ganha peso. Mas não devem fazer isso. Porque no fundo não sabem o verdadeiro motivo - muitas das vezes pode estar associado a questões hormonais, stress, mudança de emprego... Muita coisa pode influenciar e ninguém está livre que isso lhe aconteça. A verdade é que o peso de outra pessoa deve ser da conta dela, e de mais ninguém. Então, favor não comentar o peso alheio

30 de janeiro de 2017

Desentendimentos são normais.
Num relacionamento desentendimentos são normais? São. Isso acontece porque as pessoas tão todas diferentes. Não pensem que numa relação não há discussões. Porque há. Acho que o problema é fugir do problema ou não querer lidar com o problema. Há casais que estão no meio de uma discussão e dizem "Ah. Deixa isso para lá". E há assuntos que realmente não valem a pena mas outros que devem ser conversados. Às vezes x assunto é muito importante para ti. Esse x assunto magoa-te muito. E por vezes a pessoa que está contigo não dá tanta importância. Mas não é por mal. Enquanto tu colocas esse problema num nível 20 a outra pessoa pode colocar em nível 5. Às vezes é necessário dizeres à pessoa que está contigo que esse assunto é um problema para ti e que te incomoda.  
Mas também é importante reparar na frequência das discussões. Há fases que os casais discutem mais e outras menos. E essas fases passam. Temos que pensar que é apenas uma fase mas que depois tudo irá voltar ao normal. Devemos perguntar-nos "O que eu posso fazer para melhorar isto? O que posso mudar para fazer o nosso relacionamento funcionar?". Um relacionamento é um trabalho em equipa. Sejam sinceros, acima de tudo. Não tentem estar um nível acima do outro, nem magoar a outra pessoa. Num relacionamento as duas pessoas estão ao mesmo nível. Um dos 'lemas' do meu relacionamento é a frase 'never go to bed angry'. 

28 de janeiro de 2017

Eu sigo-te. Tu segues-me de volta? 

Este é um dos assuntos mais polémicos relacionados com o instagram: compra de seguidores. Sim é verdade que existe isto. Mas... começando do princípio é óbvio que toda a gente que tem instagram gostava de ter mais seguidores. Ou até mesmo segue alguém que tem umas fotos fantásticas mas essa pessoa não volta a seguir. Actualmente muitas agências e marcas escolhem a pessoa x e não a y porque tem mais seguidores na conta do instagram. Mas na verdade é tudo comprado. 
Afinal como é que há pessoas que têm tantos seguidores? Simples. Há muita gente que compra seguidores falsos na internet. E por incrível que pareça é barato. E também há aquela opção em que não gastas dinheiro mas tens o trabalho de passar o dia inteiro no instagram a seguir e a deixar de seguir as pessoas. Isso só faz com que a outra pessoa vá ao outro instagram e qual é a tendência? Seguir quando a outra pessoa já não segue. E isso irrita-me. Acho muito falta de carácter das pessoas. Vou ser muito sincera. Adoro o instagram e de colocar lá fotografias. Gosto de modificar as fotos, colocar filtros, eliminar coisas que não interessam. Pesquiso na internet dicas para colocar o instagram de uma forma que eu goste. É mais ou menos um álbum. Mas a vida não se resume a uma simples estatística. Não sigo pessoas e depois deixo de seguir. Sigo quem eu quero e instagram's que me identifico. Mas nem por isso estou a espera que me sigam... 
Acho que há muita competição, pelo número de comentários, likes, estatísticas e seguidores. Deixem-se disso. Neste 'mundo' há espaço para toda a gente.