11 de janeiro de 2017

Linhaça dourada, granola, açúcar mascavado e abacate
Não. Ainda não fiz exercício desde que o ano começou. Mas pelo menos ando a comer melhor. Quer dizer ainda há coisas que não consegui eliminar e incluir da minha alimentação mas com o tempo tudo vai melhorar. Já como muito mais fruta, faço sumos naturais, panquecas de proteína e banana. Nunca na minha vida pensei em comer panquecas de proteína com farinha de aveia. Ou até mesmo fazer panquecas sem ovos e sem leite. Os iogurtes já não são comprados no supermercado. Faço eu mesma na iogurteira. Natural e sem açucares. Até linhaça dourada, granola, açúcar mascavado e abacate já estão incluídos na minha lista de supermercado. Na próxima lista já estão as bagas de goji, sementes de cânhamo e sementes de chia. Ups. Esqueci-me de fazer sopa. Mas encontrei algo fantástico do supermercado: chips de vegetais (cenoura, beterraba). Melhor que as chips de presunto. E também dá para fazer essas chips no forno. Uma óptima ideia para o lanche e para aproveitar a comida da melhor forma: vegetais a meio da tarde. Descobri que pão com abacate e ovo escalfado por cima é tãoo bom. Café sem açúcar ... não custa muito. Pão com manteiga de amendoim e banana é o meu pequeno almoço preferido quando 'não tenho muito tempo'... Adoro chegar a casa e fazer sempre uma receita diferente e experimentar comidas diferentes. 

10 de janeiro de 2017

Em estado máximo de felicidade
É muito bom estar orgulhosos de nós próprios. Mas melhor ainda é sentir e ver que as pessoas estão mesmo orgulhosas de nós. Mas o que enche ainda mais o coração é dizer-nos que o que mais gostariam era ser igual a nós e conquistar o que já conquistamos. Isso é sem dúvida o melhor do mundo.  

5 de janeiro de 2017

Receita: Panquecas de banana caramelizada 
(receita maravilhosa de Vanessa Martins)


Ingredientes (6 panquecas)

200 g de farinha de aveia
1 ovo grande
1 colher de café de fermento
1 scoop de whey (proteína) de baunilha (opcional)
150 ml de água
1 banana grande

1. Misturar a farinha, a whey e o fermento
2. Adicionar o ovo e misturar
3. Adicionar a água e misturar bem até ficar uma massa homogénea semi espessa
4. Aquecer bem uma frigideira anti-aderente e colocar porções de massa ao seu gosto 
5. Quando começarem a aparecer bolinhas no topo de cada panqueca colocar fatias de banana e virar a panqueca até caramelizar a banana
6. Servir simples, com mel, iogurte, compota ou o que desejar.
Vendedoras de rua Vietname
A fotógrafa holandesa Loes Heerink viveu alguns anos em Hanoi, no Vietname, e fascinada pela cultura do país, teve a ideia de fotografar as vendedoras de rua com as suas bicicletas. A maioria são mulheres que vendem fruta e flores. Loes ficava horas em pontes ou sítios altos da cidade esperando as vendedoras passarem. E claro, havia muitos dias que nem conseguia um única fotografia. Vale a pena ver as fotografias. Eu amei a forma como esta fotógrafa conseguiu captar estes momentos.

3 de janeiro de 2017

Devo de ser a pessoa mais ocupada deste mundo

A quantidade de vezes que entro no facebook e tenho pessoas que me deixaram uma mensagem no chat só que eu não respondi. Li. Mas não respondi. No meu telemóvel é a mesma coisa. Tenho mensagens apenas com está tudo bem?. A quantidade de e-mails na minha caixa de entrada por responder é infinita. Aquele post super fofo que o meu namorado escreveu no Facebook e que me deixou completamente derretida... continua lá. Sem um único comentário meu... 
Porquê? Porque não consigo fazer tudo. Por vezes acho que as pessoas que falam comigo por mensagem ou no chat devem pensar que eu sou completamente desligada do mundo. Porque a meio de uma conversa eu deixo de responder, ou simplesmente nem começo a conversar porque sei que é conversa fiada e não tenho tempo para essas coisas. Arrependo-me. Claro que sim. Porque só afasto as pessoas. Se acontece várias vezes... elas acabam por desistir de mim. Este ano tenho que mudar isto. Por isso, tudo o que conseguir fazer até 5 minutos terei de fazer. Como por exemplo, responder a uma mensagem ou a um e-mail. Porque se eu não fizer na hora ... nunca mais vou conseguir fazer. Adio sempre algo que apenas demora uns simples minutos. 

2 de janeiro de 2017

Este ano...
Objectivos que pretendo concretizar neste ano. 

Fazer exercício físico
Não vou estar aqui a dizer que preciso de fazer exercício físico porque tenho banhas, engordei ou estou flácida. Não. Preciso de fazer exercício porque faz bem para a saúde. Porque me canso a subir escadas, porque começa a parecer a celulite e as estrias. Coisas da idade. Apesar de não fazer exercício de uma forma constante desde que entrei da universidade (6 anos atrás), tenho a perfeita noção que tenho um corpo fantástico. Não sei. Deve ser a genética. Porque comer bem e saudável não é de certeza. Sou a pessoa mais gulosa que existe. 

Comer bem e saudável 
Vamos lá esquecer os chocolates. A sério. Vai ter mesmo que ser. Vamos lá passar para crepes sem açúcar, batidos de fruta, iogurtes naturais, carnes brancas, sopas, legumes... e tudo o que é saudável. Acredito que se comer bem irá ajudar-me não só a fazer exercício físico como também irá retardar a celulite e estrias. 

Comprar carro e mudar de casa 
Basicamente quero poupar muito dinheiro este ano. Quero muito sair de casa, acho que é a coisa que mais quero neste momento. Quero comprar um carro e ter a minha própria independência. Iria ser um ano em grande... 

1 de janeiro de 2017

O último ano...

Este último ano, foi um ano em que concretizei muitos objectivos. 

Tese de mestrado
Acabei a tese de mestrado (ufa. até que enfim!) e consegui ter 18 valores. Tal como tinha escrito na minha lista de objectivos aqui. Lembro-me que quando escrevi esse objectivo, sabia que era muito difícil conseguir essa nota (para não dizer quase impossível). Uma pessoa que trabalha e ainda está a fazer um mestrado ao mesmo tempo, é preciso muito esforço e força de vontade para conseguir. E orgulho-me disso. Acho que irei sempre orgulhar-me. Só eu sei o que me custava chegar a casa depois de um dia de trabalho morta de cansaço e saber que ainda teria de ir estudar. A quantidade de vezes que eu fiz viagens para Lisboa e fazia 14 horas de autocarro num dia só.... e tantas outras coisas. Custou. Mas já acabou. E com o sentimento de missão mais que comprida. 

Aprender Inglês e Espanhol
Estou a gastar o muito dinheiro. E também sei que todos os dias da semana lá tenho que ir para o instituto. Até posso ter jantar marcado à sexta feira a noite... mas chego tarde. Até posso ter o meu namorado a minha espera... mas tenho que ir as aulas. Está a custar ter os dias tão preenchidos. Mas ... o objectivo de falar fluentemente três línguas daqui a quatro anos estará completamente comprido. 

Viajar
Posso colocar um done na minha lista de viagens em: Itália (Veneza, Roma, Pisa, Florença, Napoles, La Spezia, Vernazza, Riomaggiore, Monterosso, Nápoles, Pompeia, Milão), Croácia (Zagreb, Split, Sibenik, Cascata Krka, Lagos Plitvice, Otok Zlarin, Prvić Luka), Eslovénia (Lago Bled, Liubliana), Mónaco e França (Nice, Marselha, Montpellier).Viajar é simplesmente a melhor coisa da vida. 

Pagar uma viagem a minha irmã
Sim, paguei uma viagem à minha irmã. Com tudo incluído: alojamento, transporte e comida. Ela foi a todos os sítios aqui em cima comigo. Devem estar a pensar que que sou um pouco doida, porque a brincadeira não ficou propriamente barata. Mas não me arrependo do dinheiro que gastei. Ás vezes penso se não tivesses pago a viagem podias ter um carro agora mas não é um arrependimento. Porque adorei ir com ela e é daquelas pessoas que com quem mais gosto de viajar. O carro? Esse um dia irei conseguir comprá-lo. A viagem com ela? Nunca mais irei esquecer.